sábado, 5 de abril de 2008

Anacleto


Anacleto era um sujeito.
Ele sabia de quase tudo...
Fazia quase tudo certo.
Ninguém fazia contas tão bem quanto Anacleto.
Ele não se atrapalhava com os números, nunca errava as somas.
Anacleto era o melhor aluno da escola, o corredor mais rápido da rua e também um craque de bola.
Anacleto fazia piruetas na bicicleta, nadava como um peixe... E era radical no skate.
Anacleto era um verdadeiro atleta.
Anacleto anda sempre arrumado, camisa limpinha, sapato engraxado, cabelo penteado, nariz sem meleca.
A Mônica, a Bia e a Teça, ele já tinha namorado.
Anacleto falava bonito.
Conhecia palavras como EXATAMENTE e IMPRESSIONANTE.
Era realmente um sujeito brilhante.
Anacleto sabia o triplo de cinco, sabia o que provocava relâmpagos e de onde vêm os bebês.
Sabia até o que é ORNITORRINCO.
Mas, apesar de tão esperto, era um sujeito quase completo.
Sabe por quê?
Anacleto não sabia de tudo não: ele não sabia fazer bolinha de sabão...

REFERÊNCIA

CISALPINO, Murilo; TEIXEIRA, Zeflavio. Anacleto, um sujeito quase completo.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...